Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



a chatinha da fila-01.png

®Teresa Serrano

O que eu gosto de estar numa fila única à espera de ser atendida num daqueles quiosques de café que existem nas estações de metro, onde passam 5000 pessoas por minuto e as empregadas parecem ter dez braços para conseguir atender toda gente e, eis senão quando, lá está a chatinha da fila...
A chatinha da fila está-se completamente a lixar para o número de pessoas que tem atrás dela. Está-se nas tintas que aquele seja um quiosque onde se apanha qualquer coisa para comer e se segue caminho e que a maioria dos que ali estão, já estão atrasados para cumprir um horário laboral e daí não se sentarem para poder comer calmamente um belo pequeno almoço ou lanche ou lá o que for.
E adivinhem lá o que pede a chatinha para o seu pequeno almoço?
"_Quero um sumo de laranja natural e uma torrada de pão saloio" - diz a chatinha.
Mas é óbvio que não ficamos só por aqui. Logo a seguir a chatinha pergunta:
"_Quantas laranjas leva um copo de sumo?"
"_Duas" - diz a empregada de raspão numa das suas centenas de idas à pequena copa.
"_E quanto custa o copo de sumo?" - chatinha.
"_2,10€" - empregada com 20 chávenas de café na mão.
A chatinha começa então o discurso do como é que é possível pagar um euro por cada laranja, está tudo pela hora da morte e concluí com um "Não meta água no meu sumo!"
Com isto já passaram uns largos minutos, a empregada já está na copa a espremer as laranjas e passa-se então à problemática da torrada em pão saloio.
"_O pão é de hoje?" - chatinha - "_É pão de Mafra?"
"_É" - empregada já sem grande paciência tal como todos os restantes na fila.
"_É barrada com manteiga ou margarina?" - chatinha.
"_Manteiga..."
E claro que a saga vai continuar porque depois disto ela ainda vai pedir o café sem princípio em chávena fria.

Moral da estória:
Já tive quebras de tensão por menos.

Autoria e outros dados (tags, etc)


12 comentários

Imagem de perfil

De Maria das Palavras a 18.03.2015 às 13:29

Não! No fim ainda vai chegar à conclusão que nada daquilo que lhe apetece e depois de já algumas pessoas terem morrido de tédio, fome ou enfartes em plena fila...vai-se embora de mãos vazias.
Imagem de perfil

De Teresa a 18.03.2015 às 14:03

Acontece muitas vezes estas situações. A fila vai ficando cada vez maior e nós quase desmaiamos de fraqueza ....
Imagem de perfil

De A senhora do gatinho a 19.03.2015 às 08:49

Também me tenho cruzado com chatinhas assim :)
Imagem de perfil

De numadeletra a 19.03.2015 às 09:17

Essa "chatinha" deve ter terminado a saga a pagar a conta com moedas de 1 cêntimo, não? :-)

Realmente não há paciência...
Imagem de perfil

De Mulher, Filha e Mãe a 19.03.2015 às 09:52

Genial!
Não dava para descrever melhor...
E se fosse só nos quiosques de café que existem nas estações de metro, onde passam 5000 pessoas por minuto e as empregadas parecem ter dez braços para conseguir atender toda gente....mas não. Elas "andem aí", por todo o lado.
Imagem de perfil

De Sofia a 19.03.2015 às 13:45

Adorável esta gente!!
Sem imagem de perfil

De Ideias e Baleias a 19.03.2015 às 13:56

Que chata :D

Moral da estória:
Colocar uma folha colada com fita-cola a dizer:
O pão das torradas é do próprio dia e é de Mafra.
Os sumos naturais levam 2 laranjas.
Sem imagem de perfil

De Cris a 19.03.2015 às 14:52

Coitada da funcionária e da gente que está na fila! Não há pachorra!
Imagem de perfil

De whyfutilities a 19.03.2015 às 15:07

Pffff.. e pachorra para essa gente??
Não percebo.. lol!!
Isso fez-me lembrar uma senhora que pediu chà com bolinho no (na, no.. nunca sei) IKEA e começou a refilar porque pagou uns trocos e achava demais para um bolo e um chà gratis. Pffff.. eram cêntimos, pah! Puxa para esta gente! Tragam a lancheira de casa faz favor! Evitam ataques de "tosse" das pessoas da fila! ;)
Sem imagem de perfil

De JSC a 19.03.2015 às 18:30

A mim não me faz confusão nenhuma este tipo de situação. Uma pessoa pode fazer o que bem entender, assim como tu tens o direito de ir a outro lugar e de interagir com as pessoas que queres.

P.S.: Eu sou o oposto da "chatinha", mas também não me incomodo com este tipo de situação, desde que me não afecte.

Comentar post


Pág. 1/2



Um blog de experiências do dia-a-dia com um toque de sarcasmo e ilustrado por uma designer que " Quando-for-grande-quer-ser-ilustradora".


Tradução/Translate


I Saw Jesus in a Toast

Blogs

Tumblr


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Bloglovin