Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


entendido em musica indie-72.jpg

® Teresa Serrano

 

Não há nada mais entediante do que estar a falar com um Entendido em Música Indie, tanto mais quando - de bandas indie - não percebes um chavelho. A conversa (ou monólogo) entra no auge quando ele (o Entendido) se apercebe que estás mais perdido que o Bambi à procura da mãe e é aí que ele começa a sacar dos nomes esquisitos.

- Mas tu não conheces os Risens&Frozens??? Como é que é possível?!? - diz o Entendido - Nem os Frolic&Craizens? E Dude Frikens??? Nunca viste Drilens ao vivo? Nem Strepsils no Coliseu?

Tu respondes:

- Não. O meu ídolo da pré-adolescência era o Jon Bon Jovi e até gosto de bandas mainstream para falar verdade...

Aqui o Indie Entendido começa a ficar branco e calado, enquanto enrola um cigarro e segura a mortalha entre os lábios e te olha nos olhos. Quando finalmente acende o cigarro, inala um gigante gole de fumo e diz dramaticamente:

-Mainstream não faz parte do meu vocabulário, o Jon Bon Jovi devia ter sido comido pelo Pacman porque é uma blasfémia ao verdadeiro sentido da música, portanto, acho que não temos mais nada a falar. Vou-me embora porque tenho de ir ali ao alfarrabista comprar a primeira edição do Blitz (versão jornal, está claro!) e voltamos a falar quando souberes quem era o Ian Curtis, ok?

 

Moral da estória:
Nunca mencionar que a Baby Spice era a tua preferida.

Autoria e outros dados (tags, etc)

ILUSTRA_05-01.jpg

® Teresa Serrano

 

Estás na paragem há já uns bons dez minutos a olhar para ecrã que te informa dos dois minutos que ainda vais ter de esperar. Começa a chuviscar e estás mesmo na junção dos dois abrigos existentes. A mãe obesa decide amamentar a cria no banco atrás de ti, ao teu lado o Cajó que fala sozinho e acaba uma mini enquanto o autocarro não vem e do outro aparecem as velhinhas…muito queridas a falarem da matiné nos alunos de Apolo onde foi a Dona Custódia que "...-ainda está boa para essas andanças". O seu andar à pinguim não deixa antever a corrida que são capazes de fazer para serem as primeirinhas a entrar no transporte coletivo que se aproxima. E se por algum motivo alguém se lembra de dizer:"-Hey! A fila é lá atrás!", ficam habilitados a levar com uma sombrinha na cabeça e a voz doce com que falavam ainda à pouco sobre a Dona Custódia transforma-se num praguejo que vai de "raios-que-ta-partam" para cima.

 
Moral da estória:

A tartaruga sempre venceu a lebre.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Já chegou o postal de natal do I Saw Jesus in a Toast e como não podia deixar de ser com a pitada de humor que convém. Espero que gostem.

postal_de_natal.jpg

 

Podem encomendar já os vossos postais I Saw Jesus in a Toast aqui.

**
T

Autoria e outros dados (tags, etc)

anaogulosa-01.png

 

É aquela rapariga que até nem é gorda mas que se vê perfeitamente que passa as-passas-do-algarve para o conseguir, no entanto, em conversa está sempre a afirmar convicta e insistentemente que não é nada gulosa“-Não é da minha natureza, sou muito mais de frutas e legumes” - diz ela.
Até que há um dia em que abres um pacote de bolachas em frente à Não-Gulosa e vês as pupilas a dilatar…o barulho de mastigar as tiras de cenoura que traz sempre como snack, pára…e a pergunta é feita:
- O que é que estás a comer? - diz a Não-Gulosa.
- Bolachas de chocolate com creme de caramelo - dizes tu.
Trinta segundos de silêncio e ela consegue finalmente pedir-te uma…
- É que estão com ótimo aspeto, não consigo resistir...- afirma a Não-Gulosa.
Voltas a oferecer uns instantes mais tarde e ela não resiste a ajudar-te a acabar o pacote.

Moral da Estória
Não duvides dos resultados das análises em que o valor dos triglicéridos está elevado.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Um blog de experiências do dia-a-dia com um toque de sarcasmo e ilustrado por uma designer que " Quando-for-grande-quer-ser-ilustradora".


Tradução/Translate


I Saw Jesus in a Toast

Blogs

Tumblr


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Bloglovin