Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Visto que durante as duas semanas que passámos pela beira baixa foi muito difícil o meu acesso à internet, este fim de semana decidi mostrar-vos mais um belo sítio para visitar por aquelas bandas. Fomos até ao parque de campismo do Freixial, no concelho de Penamacor, que por esta altura está encerrado (por ser inverno, espero), mas como irão ver nas fotos é um sítio com uma paisagem natural fantástica, ideal para passar uns dias de verão no silêncio do vale e com direito a banhos de rio. O parque de campismo fica mesmo na margem do rio Bazágueda e pelo que me parece do que vi, têm acesso direto do interior do parque. O caminho para lá chegar é uma estrada um pouco estreita e sinuosa e fica mesmo no meio do vale, sem qualquer povoação por perto (para o caso de se estar a pé, mas a cinco minutos se estiver de carro). Ideal para quem gosta de estar em contacto direto com a natureza.

T**

pict04.jpg

pict02.jpg

 

pict03.jpg

pict05.jpg

®Teresa Serrano e João Mendes

Autoria e outros dados (tags, etc)

Outro dos momentos que marcou o meu ano foi finalmente a nossa casa em Penha Garcia estar terminada. A opção de poder "fugir" da cidade por uns dias sabe muito bem, ainda mais quando se reconstrói algo que faz parte da nossa história pessoal. Se partilham do mesmo sentimento pela natureza não hesitem em visitar. Fica no concelho de Idanha-a-Nova (a três horas de Lisboa) e tem uma paisagem natural magnífica.

O CAMPO.jpg

® João Luis Mendes

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Estas duas semanas vão ser passadas por Penha Garcia e a viver como verdadeiros residentes, portanto, há que cumprir as tradições. Assim, na noite da consoada fomos até ao madeiro da aldeia (o J. decidiu acrescentar um assador de castanhas a esta visita). Também houve missa do galo mas essa passámos.

Para além deste madeiro na Porta da Vila, existiram mais dois na aldeia. Passada a noite de Natal, estes troncos gigantes ficaram reduzidos a cinzas. As castanhas não estavam grande coisa mas foi, sem dúvida, um encerramento de ceia bem diferente do habitual.
E este foi o nosso "fim de semana" porque as ligações à internet por estas bandas não são fáceis e não consigo manter a minha rotina habitual dos posts.

T**

pict_02 (8).jpg

pict_01 (6).jpg

pict_03 (7).jpg

pict_04 (6).jpg

pict_05 (6).jpg

pict_06 (5).jpg

® Teresa Serrano

Autoria e outros dados (tags, etc)

Como já tinha mencionado num anterior post, um dos projetos em que eu e o J. temos andado a trabalhar é na reconstrução de uma pequena casa na aldeia dos meus pais e este fim de semana fomos finalmente inaugurá-la. Este é um projeto muito importante para mim, porque esta casa pertenceu à minha avó que a utilizava como palheiro e as recordações que guardo deste sítio são de na minha infância aqui vir com ela para dar comida às galinhas e aos coelhos. Tenho muita pena que ela já cá não esteja para ver este resultado final mas tenho a certeza que o ia adorá-lo.

PG_03.jpg

PG_02.jpg

PG_01.jpg

Quanto à aldeia é, sem dúvida, um sítio a visitar. Penha Garcia fica na Beira Baixa, no concelho de Idanha-a-Nova e muito perto da fronteira com Espanha. Tem uma paisagem natural fora de série, um castelo, uma piscina natural e claro está, produtos regionais muito bons. Tal como todo o interior do País tem invernos muito rigorosos e verões abrasadores, mas em todas as épocas encontramos atividades para fazer. Desta vez só tivemos tempo para um pequeno passeio perto da igreja por entre uma floresta de figos-da-india e oliveiras ainda com azeitonas verdes.

PG_05.jpg

PG_04.jpg

PG_06.jpg

PG_07 (1).jpg

Fotos ® João Mendes e Teresa Serrano

 

É claro que este capítulo da vida rural não vai ficar por aqui, mas por agora, fica a sugestão. Passem por lá.

T

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


por TERESA SERRANO - este é um blog de experiências do dia-a-dia com um toque de sarcasmo e ilustrado por uma designer que " Quando-for-grande-quer-ser-ilustradora".

Tradução/Translate


Pesquisar

  Pesquisar no Blog