Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Julho caseiro

31.07.15

INSTAGRAM_JULHO.jpg
@teresaserrano

Esta semana deixo-vos com um mood do meu instagram de Julho.
Muito calmo e sobretudo caseiro.

Quem ainda não me segue pode fazê-lo pelo Facebook ou Instagram.
Um bom fim de semana para todos.
T**

Autoria e outros dados (tags, etc)

Doce Junho

03.07.15

INSTAGRAM.jpg
@teresaserrano

Esta semana deixo-vos com um mood do meu instagram de Junho.
Espero que Julho seja ainda melhor.

Quem ainda não me segue pode fazê-lo pelo Facebook ou Instagram.
Um bom fim de semana para todos.
T**

Autoria e outros dados (tags, etc)

FACEBOOKIANOS-01.pngO Facebook é hoje em dia o nosso cartão de visita virtual tão ou mais importante do que um cartão do cidadão, número de contribuinte ou CV atualizado. Não é à toa que a foto no currículo já não é assim tão importante mas podem ter a certeza que qualquer futuro patrão ou agência de recursos humanos vai cuscar o vosso perfil até ao mais ínfimo pormenor.
Eu como tenho a mania que sou pseudo-socióloga, faço a minha análise. Podem ter a certeza que há muitas diferenças entre homens e mulheres neste campo, pelo menos na minha opinião.

Foto de perfil
Eles:
Não dão assim tanta importância à foto de perfil (pode até estar desatualizada em 3 ou 4 anos). Outra tendência é ser uma foto no gozo ou numa saída à noite de copo na mão e muito pouco focada. Ter o rosto enquadrado não é assim tão importante para um rapaz (a menos que seja também a foto que usa no Tinder). As exceções aqui são quase sempre os "gajos do ginásio" que adoram as fotos de perfil em tronco nu para mostrar as tatuagens tribais.

Elas:
Importância máxima neste tópico! Pode existir até uma sessão fotográfica específica para mudar de foto de perfil (com direito a cabeleireiro e maquilhadora). Ás vezes são também aproveitadas as que são tiradas em casamentos. O estado civil também é aqui importante, pelo número de vezes que se troca de foto de perfil numa semana. O duck face e o olhar no horizonte é também um must-have.

Conteúdos partilhados na wall
Eles:
Sobretudo música ou alguma coisa ligada a um desporto ou profissão.
Também pode aparecer um tag numa foto de grupo da primária, numa ida a um festival com os amigos ou um tag posto pela namorada na viagem que fizeram a Paris.

Elas:
• Música para todos os estados de alma. Desde o "Happy" pela manhã porque "...acordei bem disposta...", às "águas de Março"  "...porque chove lá fora..." ao "Não és Homem para mim" porque afinal "...nem todas as pessoas são o que aparentam ser...".
• Fotos, muitas fotos! Em biquíni de preferência. Todos os tipos de tags (na faculdade, com os amigos, em viagem, a trabalhar, na disco) sempre super bem dispostas e sociáveis. Ai de alguém que se lembre de pôr uma foto menos boa de uma rapariga, leva logo com uma mensagem privada em que o conteúdo é: Apaga já isso!

Relações  amorosas
 - Começo de uma relação
Eles: Nota-se sobretudo na quantidade de vídeos ou frases que a namorada começa a pôr na wall dele. Também pode atualizar o seu status nesse sentido (aqui cheira-me que a maioria das vezes obrigado pela moça).

Elas: Foto do primeiro beijo seguida de atualização do estado civil com 100 comentários dos amigos. Foto essa que passa a foto de perfil imediatamente.

-Há ainda uma nova vertente para os dois que é a página de facebook comum. Deixam de existir enquanto seres individuais e passam a um só...tipo BradJelina...

-Fim de relação:
Eles:
Nem uma palavra sobre o assunto. Fotos com seis cervejas na mão. É agora amigo de pelo menos 3 novas miúdas.

Elas:
Frases depressivas/ filosóficas. O status muda primeiro para "é complicado" e dois dias depois para "solteira".
Nova vaga de fotos, sobretudo com as amigas na praia.

Os ex's e os casos:
Eles:
Podem eventualmente fazer um like numa foto. Se for um caso, muito menores são as hipóteses que isso aconteça, até para não levantar suspeitas.

Elas:
Adoram dominar o facebook dos ex's! "Giro!" "Gato!" "Estás mais gordo, quando andavas comigo essa camisola ficava-te melhor!"
Quando é um caso podem até chegar a pormenores mais íntimos para se perceber que andaram mesmo enrolados. Há que marcar território.


Quando escondem toda a informação.
Aqui é sneaky para os dois lados. Têm alguma coisa a esconder. Quem quer privacidade não tem facebook ou então não faz muitos posts onde se expõe demasiado, mas não esconde o número de amigos em comum nem tudo o que tem na wall. Esta pessoa tem algo a esconder, podem ter a certeza.


Autoria e outros dados (tags, etc)

pais_cibernautas-01 (1).png
®Teresa Serrano

Quem nunca teve um telefonema daqueles que só dá vontade de dizer "-Não estou a ouvir bem vou ter de desligar" dos pais?
Daqueles do "-Óh filha, apareceu-me uma janela que diz que o Facebook vai vender os meus direitos (e rins) no mercado negro e não tenho botãozinho a dizer Cancelar nem de fechar a janela. O que faço? (Tudo isto enquanto tu estás na fila do Pingo Doce a despejar as tuas compras no tapete rolante - entre o alho francês e a caixa de pastilhas que entretanto caíu para o chão). E respondes:" -Não sei mãe, procura no google..." Resposta do outro lado: "Mas eu não consigo sair daqui, agora apareceu-me um diabinho a dizer que fui infetada com um virús." Continuas a não conseguir ajudar, mas mesmo assim o relato continua durante o teu caminho todo para casa (entre os sacos de compras e telemóvel encaixado entre o ombro e a orelha). Até que depois de muitos "- não faço a mínima ideia como ajudar" te diz: "-Vou pedir ao vizinho do primeiro andar para vir cá ver, já que tu NUNCA me consegues ajudar!" - o geek que joga playstation desde os cinco meses de idade e cheira a moderboard de computador. "- Ótima ideia!" e consegues finalmente chegar a casa, pousar os sacos e sentares-te cinco minutos no sofá até o telefone de casa tocar...atendes: "-Filha, o vizinho disse-me que me consegues ajudar se instalar o Skype. Como é que faço isso?".


Moral da estória:
Até o Steve Jobs estaria incontactável perante telefonemas destes.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Um blog de experiências do dia-a-dia com um toque de sarcasmo e ilustrado por uma designer que " Quando-for-grande-quer-ser-ilustradora".


Tradução/Translate


I Saw Jesus in a Toast

Blogs

Tumblr


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Bloglovin