Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Desde sempre que adorei fazer ilustração infantil e então agora aproveito para desenhar para o Dinis. Podem acreditar que é das coisas que mais gozo me dá é pensar e criar personagens para as quais o meu filho vai crescer a olhar. 
Hoje desenhei o Dennis Bear que vai anunciar o nascimento do Dinis, aqui fica o processo de criação e o resultado final.
Espero que gostem.
T**

imagem001.png

imagem002 (1).png

 

URSO-03.jpg

moldura_dinis).jpg

 Caso gostem e queiram encomendar uma impressão com os dados dos vossos bebés, podem fazê-lo por aqui.



Autoria e outros dados (tags, etc)

A paleta de cores já está escolhida agora começam outras indecisões. Tudo me parecia muito mais fácil quando via as referências no pinterest mas aquando de meter as mãos na massa já não tenho tantas certezas assim.
Temos de escolher o padrão para o papel de parede que decidimos que vai ser personalizado.
Não quero que seja demasiado "abebézado" porque este será o quarto dele para os próximos anos mas também não quero que seja o quarto de um vampirinho, visto que uma das cores escolhidas é o preto.
Ainda em fase de estudo e sem aprovação do pai da criança aqui ficam alguns dos padrões que fiz.

T**

padrões-01 (1).png

padrões-02 (1).png

padrões-03 (1).png

 ®Teresa Serrano

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

A escolha das cores para o quarto do Dinis já está feita. Preto, branco e amarelo.
Agora é meter as mãos à obra.

Gostam?
T**

tecidos.jpg

nome.jpg

Pict_01 (4) (1).jpg

ilustrações ® Teresa Serrano

quartos001.jpg

quartos002.jpg

instagram@kidscorner

Autoria e outros dados (tags, etc)

O universo lúdico japonês é algo que me fascina desde pequena. Lembro-me de me levantar às oito da manhã para ficar hipnotizada à frente da televisão a ver aqueles bonequinhos estilizados que gritavam por tudo e por nada e fechavam os olhos à chinês conforme falavam - enquanto a boca abria em momentos completamente diferentes das palavras que ouvia em português. Lembro-me das gotas de suor a cair pelo rosto quando estavam nervosos e os pontos de interrogação gigantes em balões de pensamento enquanto coravam até ficarem tipo tomate e com expressões faciais à Malucos do Riso. 
Hoje em dia, como já não vejo desenhos animados, a cultura Pop japonesa chega-me de outras formas. Em filmes, quando vou ao à Rua da Palma ao supermercado asiático (todas as embalagens estão escritas em caracteres e as imagens e ilustrações saltam do papel) e em todas as lojas e restaurantes chineses/japoneses que têm sempre um gato da sorte - Maneki Neko - com a sua pata sempre saudar-nos. 

Se o Maneki Neko é o gato que traz sorte para o seu dono, então eu quero um! E assim decidi ilustrar o meu próprio gato. Que ficou assim:

garo-04.jpg

Como gostei tanto, decidi fazer um padrão de Maneki Nekos (pode ser que tragam sorte a dobrar!)

padrao_preto.jpg

Caso queiram um padrão de Maneki Nekos para vocês também, não hesitem em me contactar, podem fazer por aqui. Tenho disponível em quatro cores (amarelo, preto, cinza e branco).

cores.jpg

Pict_01 (4).jpg

Pict_02 (4).jpg

Esta ilustração adequa-se perfeitamente a um estilo como este:

ferm_living_lektalt_talt_barnrum_534e80022a6b227704ed3b8e (1).jpg

 Via  Blog Miniroom

Espero que gostem!
T**

Autoria e outros dados (tags, etc)

Há umas semanas atrás, tive o privilégio de conhecer a "Casa Museu" do tio Joaquim. Digo "Casa Museu" pela quantidade de artefactos históricos que por ali estão tanto nas prateleiras em forma de livros como nas paredes em forma de quadros, fotografias e muitas outras coisas... uma verdadeira delícia de informação e cultura que me faz sentir bem pequenina quando olho para a quantidade de livros que por ali estão (centenas) e pensar que o tio Quim já os leu a todos e que eu só tenho mais 60 anos (no máximo) para o apanhar.
Entre a conversa sobre o Al Berto e os livros das Edições 70, eis que o tio Quim saca de um livro infantil de pop-ups que me deixou maravilhada. Não só porque não consigo muito bem entender como se produzem estes livros (só me apetecia desmontá-lo todo para perceber a técnica), como as ilustrações e textos são excelentes.
O livro chama-se Rumo ao Cosmos, é de 1981 e escrito por um cosmonauta soviético - Vitali Sevastiánov - presente em várias missões espaciais russas. O que torna o livro ainda mais espetacular. Tenho a certeza que muitas das crianças da minha geração que tinham o sonho de ser astronautas quando fossem grandes o queriam ser por causa deste livro, até eu ao ler a parte final do texto não me importava de ter sido comandante de uma nave estelar!

Aqui fica o excerto da última página e algumas fotos do interior. Espero que gostem tanto quanto eu, independentemente da década em que nasceram.

T**

 

"...No nosso tempo a ciência e a técnica avançam tão depressa que por vezes ultrapassam muito mesmo os sonhos dos escritores fantasistas.

No futuro, os homens construirão estações e naves cósmicas ainda mais perfeitas, que serão enviadas em expedições aos planetas distantes.

Pode ser que entre os comandantes das naves estelares estejas tu, meu jovem amigo.

Desejo-te felizes voos cósmicos e um bom encontro com os teus amigos no regresso à Terra."

pict_01 (1).jpg

pict_02 (1).jpg

pict_03 (2).jpg

pict_04 (1).jpg

pict_05 (2).jpg

Edições Malich
Ilustrações de A. Besslik

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Há dois anos atrás, foi pedido à Cupido, agência onde trabalho, uma reformulação de um livro de colorir para crianças sobre Protecção Rodoviária (uma parceria Avis, PSP e Volvo). Para além do livro com as regras e jogos, existia também um baralho de cartas com as personagens do livro. Todos os elementos se juntavam numa caixa (Kit Avis Kids) que a marca depois distribuiu pelas crianças em diversas ações sobre Protecção Rodoviária.
A mim coube-me fazer a parte gira, ilustrar. Criei a família Avis e representei todos as situações de perigo e prevenção a ter enquanto transeunte e condutor. O resultado final ficou, a meu ver, muito agradável. Espero que gostem.

clean box mock-up(T).jpg

baralho_cartas.jpg

capa_livro.jpg

livro_para_colorir.jpg

mood.jpg

®Avis by Cupido

Autoria e outros dados (tags, etc)

A ilustração infantil é sem dúvida a mais gira de fazer mas tem também o público mais difícil de agradar. As crianças ou gostam ou detestam. Não têm pudor nenhum em utilizar adjetivos como feio ou ridículo, por isso há que ter muita atenção ao que os pequenos críticos nos dizem em relação ao nosso trabalho.
Este trabalho foi feito para o Prémio de Literatura Infantil promovido pelo Pingo Doce e chamei-lhe "O Mundo a Preto e Vermelho". Foi baseado no texto vencedor “De onde vêm as Bruxas?” escrito pela Joana Margarida Pires Lopes e quem ganhou o prémio de ilustração foi o Luís Belo.

ILUSTRA_TRYOUT-02.jpg

ILUSTRA_TRYOUT-03.jpg

ILUSTRA_TRYOUT-04.jpg

ILUSTRA_TRYOUT-05.jpg

ILUSTRA_TRYOUT-06.jpg

ILUSTRA_TRYOUT-07.jpg

® Teresa Serrano

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Um blog de experiências do dia-a-dia com um toque de sarcasmo e ilustrado por uma designer que " Quando-for-grande-quer-ser-ilustradora".


Tradução/Translate


I Saw Jesus in a Toast

Blogs

Tumblr


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Bloglovin