Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Penha Garcia para mim é mais do que o sítio onde vou passar uns dias. É a terra onde os meus pais nasceram, onde estão todas as minhas raízes e enterrados os meus antepassados.
Manter esta aldeia viva para mim é perpetuar o legado que me tem sido passado pela minha família.
É aqui que quero mostrar ao meu filho de onde vem a alface que está na mesa, o leite que bebe ao pequeno almoço. É aqui que lhe vou mostrar o chafariz onde a bisavó ia buscar água, onde lhe irei comprar pão no forno comunitário - o mesmo onde a minha avó ia comprar pão para mim, nadar no Pêgo onde o avô aprendeu a nadar.

Mas para além da minha história existe muito mais nesta pequena aldeia. Existe uma beleza natural incomparável para além de séculos de História.
Para quem não conhece aqui fica uma vista aérea da aldeia onde temos o nosso refúgio.
Visitem que não se vão arrepender.

Autoria e outros dados (tags, etc)


por TERESA SERRANO - este é um blog de experiências do dia-a-dia com um toque de sarcasmo e ilustrado por uma designer que " Quando-for-grande-quer-ser-ilustradora".

Tradução/Translate


Pesquisar

  Pesquisar no Blog