Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


A certa altura já parei de comprar coisas para o Dinis até ele nascer porque não quero estar a dar tiros no escuro. Tenho de conhecê-lo para saber o que lhe fica bem.
No entanto, aqui ficam alguns dos artigos na minha wishlist.
Gostam?
T**

mauibird.jpg

 MauiBird

orange.jpg

Orange Mayonnaise

riley&cru.jpg
Riley & Cru

carters.jpg

Carter's

Autoria e outros dados (tags, etc)

Cada vez mais real e depois de 1 hora de ecografia começo finalmente a sentir-me mãe.
O que vejo no ecrã deixou de ser apenas um filme que via com um certo distanciamento para uma realidade palpável  - e até visível! -  porque este rapaz começou a mexer-se (bastante). Agora não há sombras de dúvidas que ele está aqui comigo.

Sentindo-me assim - mãe - entrei na Knot para dar uma vista de olhos ainda a pensar que a barriga passava despercebida. Pelos vistos já não passo pela tia que vai comprar o presente para o sobrinho ou a empregada tem um olho clínico bem treinado. O que é certo é que me ajudou muito neste mundo novo de 3/4 peças que um bebé-tem-de-vestir-sempre-e-que-não fazia-a-menor-ideia. Acabei por comprar o primeiro conjunto que o Dinis irá vestir quando nascer. Um babygrow + gorro e luvas da Baby Bubble 100% algodão e anti-bacteriano que reduz o risco de infeções nos recém-nascidos e sem qualquer etiqueta no interior para um maior conforto.

BABYBUBBLE_01.jpg

Senti-me muito orgulhosa pela minha escolha e para além disso tive ainda direito a uma lista para a maternidade que me vai ser muito útil para saber o que tenho de ir arrumando na mala.

BABYBUBBLE_02 (2).jpgJá para uma outra altura que não o primeiro mês do Dinis, veio a prenda da Raquel (que adorei!).
Se há peça que não acho a mínima piada, é o babete. E porquê? Porque é quase sempre muito grande com estampados que não acho a mínima piada ou então plastificado (que acho mesmo terrível). O engraçado é que o Babete-Gravata da Ciranda Portuguesa calou todos os argumentos que fiz anteriormente contra os babetes. 

ciranda_portuguesa.jpgÉ giro, tem um padrão que acho o máximo e a forma é genial (é claro que já descobri um fornecedor para os próximos anos).
Dêem uma olhadela no facebook porque vale a pena.
T**

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

O Dinis começa a deixar de ser só um conceito (apesar de ainda não sentir pontapés) por isso é melhor ir começando a preparar a sua chegada e não deixar tudo para a última como é costume cá por casa.
Ora, por onde começar?
Aqui as minhas amigas anteciparam-se. A primeira prenda foi um conjunto de "segura-chuchas?" (vêem como sou boa em termos de puericultuta?) da Maregg e devo confessar que fui mesmo apanhada de surpresa e acho que até reagi com alguma estranheza porque não estava mesmo nada à espera e eu própria ainda não tinha pensado em comprar nada para o bebé.

maregg.jpg

Depois deste momento, eu e o João começámos então a pensar no berço.
Aqui não foi muito dificil perceber que não queriamos o que temos visto nos catálogos e nas lojas. Eu lembrava-me vagamente da minha avó me ter mostrado uma vez o berço da minha mãe que era basicamente uma canastra feita de fitas de madeira e que eu achei maravilhoso. Pedi aos meus pais para me encontrarem essa relíquia (devo confessar que senti o meu pai muito reticente com a ideia de embalar o meu filho numa canastra) mas lá veio o dito berço da beira baixa. O João viu e adorou tal como eu. Feito!

berco.jpg

A partir daí comecei a sentir vontade de fazer eu alguma coisa para o meu filho. Uma manta! Uma manta é sempre necessária no inicio. Para além disso já não me lembrava do quão bom é tricotar. É bastante relaxante e produtivo ao mesmo tempo e até tenho tido umas ajudas caseiras - o João achou que era fácil ao observar-me (mas desistiu na primeira linha) e o Zézinho adora brincar com os fios de lã.

manta.jpg

A Julieta da Era uma vez um Sonho, não só é mãe de um grande amigo do João como também é nossa vizinha aqui do bairro e numa das nossas visitas à loja ofereceu ao Dinis uma roca do ursinho Dé (obrigada Julieta!). Por mim trazia tudo daquela loja! Se passarem pela Sé não se esqueçam de visitar.

eraumavez.jpg

E pronto, por agora é o que está a ser feito cá por casa.
Próximo passo - decoração do quartinho.
T**

Autoria e outros dados (tags, etc)


por TERESA SERRANO - este é um blog de experiências do dia-a-dia com um toque de sarcasmo e ilustrado por uma designer que " Quando-for-grande-quer-ser-ilustradora".

Tradução/Translate


Pesquisar

  Pesquisar no Blog